o pai do ano – relatos do dia-a-dia 05

Hoje vou narrar aqui uma história que aconteceu com um colega de trabalho e sua netinha.

Esse colega de trabalho deve ter entre 50 e tantos e 60 e tantos anos, seu biotipo é estilo Stênio Garcia e para nós ele é conhecido como Dânquim.

Num belo dia sentado no sofá de sua casa, Dânquim observava sua netinha pedindo algo para o pai (Obs.: O pai da netinha é filho dele).

O pai da netinha do Dânquim ouviu o pedido de sua filhinha e por algum motivo, que não me vem a memória e nem ao caso, resolveu que não deveria realizar a vontade da filhinha.

A netinha ficou meio tristonha mas não desistiu do seu desejo e foi logo em direção do avô para lhe fazer o mesmo pedido.

Nosso amigo Dânquim, como todo avô ou avó, não resistiu ao pedido da netinha e logo se interessou pelo assunto.

E quanto custa isso que você quer? Perguntou Dânquim à sua netinha.

Dois reais! Respondeu a netinha.

Se são só dois reais eu compro pra você! Respondeu Dânquim à sua netinha finalizando assim a conversa.

Saíram então de mãos dadas, o avô e a netinha, em direção a venda pra satisfazer o desejo da menininha que agora estava muito feliz.

No caminho pra venda a netinha ficou calada por alguns instantes e depois disse para o avô: – Vô, coitada das crianças que não tem vô!

Por quê? Perguntou Dânquim à sua netinha.

E ela respondeu: – Porque vô é quem tem dinheiro!

Dânquim caiu na gargalhada. Eita criança esperta!

Lendo um trecho de um livro, indicado pelo meu tio Rubens, enxerguei grande semelhança entre o relato do Dânquim e o estudo do autor do livro.

O livro se chama “O que toda criança gostaria que seus pais soubessem” foi escrito pelo psicólogo Dr. Lee Salk *.

Acredito que esse trecho do livro traduza os fatos ocorridos com meu colega de trabalho e é com ele que concluo o relato de hoje.

No livro o autor diz: “Eu poderia acrescentar que os avós não querem realmente estragar os netos. Acho que eles apenas querem ter todas as vantagens de ser pais sem as desvantagens. Talvez seja este um direito que herdam quando alcançam o estado de avós.”

*Confira mais informações sobre o livro na nova seção “Eu recomendo”

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: