Posts Tagged ‘Avô’

o pai do ano – tirinha 161 (2ª temporada)

17/04/2013
por brunoluup

por brunoluup

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E VISITE O NOVO SITE DO PAI DO ANO!

NOVO  SITE OPAIDOANO

o pai do ano – tirinha 41 (2ª temporada)

24/11/2010

por brunoluup

o pai do ano – tirinha 19 (2ª temporada)

23/06/2010

por brunoluup

o pai do ano – dia das mães

07/05/2010

por brunoluup


Uma história diz que certa vez um senhor que esculpia e vendia bonecas fez uma boneca tão bonita que não quis vendê-la.
Ele então levou a boneca para a sua casa, a colocou no seu criado mudo e deu o nome a ela de Matrioshka.
Todas as noites antes de dormir ele perguntava a Matrioshka se ela estava feliz.
Até que em certa noite a Matrioshka pediu um bebê.
Então o senhor esculpiu uma boneca menor chamada Trioshka, serrou a Matrioshka e colocou o bebê dentro dela.
Logo na noite seguinte, a Trioshka também pediu um bebê e lá se foi o senhor a fazer uma outra boneca e a colocou dentro da Trioshka. Desta vez a bebê se chamava Oshka.
Assim seguindo o caminho das outras, na noite seguinte Oshka pediu um bebê e lá se foi novamente o senhor fazer mais um bebê.
Porém desta vez pensando que isso não iria acabar mais, o senhor fez o bebê e desenhou rapidamente um bigode nele e o chamou de Ka.
Ao nomear o boneco de Ka ele garantiu que seria homem e não iria pedir um bebê novamente, dando fim a continuidade das bonecas.
Essa é apenas uma das versões da criação dessas bonecas russas chamadas de Matrioshkas.
O nome Matryoshka provém da variação do nome russo Matryona, que deriva de мать que significa Mãe.
Aproveitando a chegada do dia das mães, se compararmos essa história das Matrioshkas com nossas MÃES veremos que VIDA, CONTINUIDADE, AMOR e BELEZA se resumem em uma só pessoa.
Por isso desejo a todas as Mães um feliz dia das Mães repleto de alegrias!
Obrigado especial para minhas Avós (em memória), minha Mãe e para minha Esposa que agora é mãe da nossa jóia mais preciosa!

o pai do ano – relatos do dia-a-dia 06

26/03/2010

Direto da série “Trapalhadas do Vovô e da Vovó”
Essa história deveria se chamar:

“As Crônicas da Vovó
O Mercado, a Lâmpada e o Soquete”

Tudo começou em uma ida dos meus pais ao supermercado.
Chegando ao supermercado ele (meu pai) foi logo pegando um carrinho e ela (minha mãe) começando as compras.
Pega um refrigerante aqui, um detergente acolá e vão caminhando pelo supermercado.
Ela caminhando bem ligeira e dinâmica, já ele com andar mais tranquilo e observador.
Durante as compras ele faz um lemprete à ela de que precisam comprar uma lâmpada.
Devido a ligeireza no andar, ela chega primeiro ao setor de lâmpadas e já sai a procura da lâmpada que necessitam.
Olha uma, olha outra, pega uma e pega outra.
Passado algum tempo e após manusear algumas lâmpadas ela decide sair do setor de lâmpadas de mãos vazias.
Na sequencia chega ele ao setor de lâmpadas e também sai à procura da mesma lâmpada.
Olha de um lado, olha de outro e…. Rárá!!! Está ali a bendita lâmpada!
Depois de achar a lâmpada ele começa a procurar um soquete para testá-la.
Enquanto ele procura o soquete, ela o vê no setor de lâmpadas e volta pra falar com ele:
Ela: – Ué, está procurando o quê?
Ele: – Um soquete pra testar essa lâmpada.
Ela: – Um soquete pra teste? Tem um soquete pra testes aqui ó!
Ele: – Ah, esse eu já tinha visto mas não serve pois é 220V e essa lâmpada aqui é 110V.
Nesse momento ela para e fica calada por alguns instantes.
Na sequencia, com uma fisionomia meio sem graça, conclui o assunto com a seguinte frase:
– Vixi… então foi por isso que quando coloquei a lâmpada lá fez TZZZZZZIIIIIIII!!!!!!
Ê vovó, este foi o motivo que lhe fez sair do setor de lâmpadas de mãos abanando!?! Hehehe 🙂
Seria esse mais um sintoma de Vovózisse ou apenas um sinal de má sinalização dos setores no supermercado?